Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Letras 0149 - Guerra e sonho



 

Os sonhos são feitos de amanhã,

como castelos de tesouros perdidos,

dos ventos do deserto absoluto

as flores das frutas se prendem ao caule.

 

 

Há vezes que choram escondidos as decepções,

guerreiros não morrem,

esperam a dança da vitória como o sol

na manhã que a bandeira colorida sobe o mastro.

 

 

Tudo é vida e morte debaixo do céu de estrelas,

preso aos ferros, os punhos sagram a solidão,

o inferno sobe até a terra que caminha

enquanto cruza os braços em uma oração.

 

 

Ao longe ouve o som aflito dos tambores,

começa a dança da vitória, colhem os mortos,

as unhas rasgam túnicas pobres e sem vida,

as cores sumiram dos rostos, é o fim da guerra.

 

 

Que vitória vale a morte? Que dança vale a morte?

Guerreiro caminha estradas de volta a casa,

espera encontrar um branco de paz,

um amor que pare o sangue que escorre do coração.

 

 

03/09/2007

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 03/09/2007
Código do texto: T637244
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
4429 textos (116910 leituras)
1 e-livros (168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 08:02)
Caio Lucas