Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um amor

Somente a tua semente serviria
Sozinha saciando mi’a saudade
Secando solidão tua santidade
Sem ti... senti a sua selvageria.

A sombra; sentimento que seria
Cismas, simples sonhar, serenidade
P’ra salvar da sarjeta da cidade
Sentimento solene salvaria

Minha alma do tédio, do desgosto
Frente a um mar sombrio e tão augusto
Guiando minha nau até o meu fim?

Anjo encarnado, belo Serafim
Talvez lá no teu céu ache eu meu rosto
Sem saber se eu estou vivo ou já morto.
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 04/09/2007
Código do texto: T637449

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (270653 leituras)
6 áudios (1651 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 04:47)
Fabio Melo