Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0508 - Metades inteiras de amor



Preciso da metade do sol de teus olhos,
quero a força de teus lábios na minha boca,
tua voz no meu ouvido pela manhã,
até que seja fim, que este fim seja longo...
assim te amo inteira, só assim sei amar.

Voltarei outras metades para teu corpo,
darei gritos de paixão para acordar teu amor,
mas só metade, outra parte levarei a um altar,
tenho meus deuses de amor,
outra metade de todo amor é deus, nosso deus.

Voltarei pelo mesmo caminho que um dia me perdi,
levarei pela mão a mulher que amo,
todas as metades se juntam, a solidão que se dane,
faremos amor, não as metades,
assim seremos amantes, metade eu, metade tu...

Deixo cair  pelos caminhos metade dos escuros que vivemos,
arrasto meus pecados até que se percam entre rezas que não sei,
aprenderei com sua alma a falar a língua dos deuses,
voltarei amor em mãos da amante que escolhi viver,
assim deixarei metade teu, metade meu para toda vida...

26/10/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 26/10/2005
Código do texto: T63755
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116250 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:10)
Caio Lucas