Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amado meu

Quando me olhas, amado meu,
Sabes que me pergunto se ainda te amo?
E como te amo?
Se tu me amas?
Pergunto por que estamos juntos?
Sabe quantas vezes, amado meu,
tentei te dizer o que acontecia e não tive coragem?
Não que eu seja generosa.
Não que eu tenha medo de te magoar.
Mas é que temo as consequências das  minhas palavras.
Não quero apagar dos teus olhos os vestígios
que ainda existem do nosso amor.
Eu não quero me arriscar ao teu desamor,
Então deixo os dias continuarem iguais,
Sabendo que o adeus nos espreita a cada hora.
Como uma gota que cresce, tornando-se pesada,
preparando para cair, se esvaindo pelo mundo afora.
Mel L Frankust
Enviado por Mel L Frankust em 04/09/2007
Reeditado em 04/09/2007
Código do texto: T637922

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mel L Frankust
Goiânia - Goiás - Brasil
749 textos (34699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 03:39)
Mel L Frankust