Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Agora é pra ti

 Sempre procuras te ver no que escrevo
Todo poeta é assim mesmo
ler, interpreta e descobre
que estava presente no enredo

Se de amor , pulsas amando
Se de traição, se sente ultrajado
Quando é de ciúme se sente pressionado

Querido, és meu sim..
meu homem, meu amor  meu
tudo enfim..
Mas não  és meu  senhor...
Assim como, não sou senhora de ti..
Vamos viver esse amor, sem medo
sem atropelos, sem mágoas..
sem tormento , sem angu´stia..
apenas viver esse momento...

Leandra Telles
Enviado por Leandra Telles em 04/09/2007
Reeditado em 04/09/2007
Código do texto: T638595

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leandra Telles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (3480 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 08:43)
Leandra Telles