Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lhe ver passar é o infinito

Ama-te a ti mesma
Pois já és perfeita.
Se te olho
Enlouqueço,
Se te amo
Reconheço,
Se te quero
Por que vales à pena,
Se não falo
É por medo,
Medo de que não me queiras,
Que não me ame,
Que não me veja,
Medo que me corrompe a não te explorar,
Que me deixar na penumbra,
Que me estatiza,
Que não me deixa aflorar,
Fico no sentimento de só te admirar,
Pois só lhe amar é pouco
Lhe ver passar é o infinito.
giullyano cordeiro dos santos
Enviado por giullyano cordeiro dos santos em 04/09/2007
Reeditado em 09/07/2010
Código do texto: T638703
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
giullyano cordeiro dos santos
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 28 anos
56 textos (35114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:32)