Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUA ETERNA MENINA

Nadir A D'Onofrio


Menina... assim me chamas
Assim que sou...
A mulher que você diz amar
Que feliz te faz
Companheira de longa jornada...

Deusa que te inspira
A luz do luar que te acaricia
Sou a brisa que te arrefece
O sol que sempre te aquece
O ar que você respira...

Hoje ainda interrogativa
Vejo nos teus olhos
O mesmo brilho de amor
Pergunto...ainda me ama?
Afinal...a mocidade há muito se foi
Meu rosto...perdeu o brilho da porcelana...

Encontro a resposta
No toque das tuas mãos
Teus suspiros de desejos
Nos beijos que você me dá!
Como não me sentir novamente menina...
Com todo dengo que você me dá !

Praia Grande SP
01/05/2004





Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 11/03/2005
Reeditado em 28/04/2011
Código do texto: T6390

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Santos - São Paulo - Brasil
941 textos (96701 leituras)
145 áudios (12768 audições)
18 e-livros (4283 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:55)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor