Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMANTES AO LUAR


AMANTES AO LUAR

É tarde, o sol já deixou a janela
A noite adentrará como um veludo
Sorrateira, uma sentinela
A espiar-nos com seus olhos escuros

Ignore-a, vês que ela está a nos invejar?
Pois o dia brigou com ela
Solitária apareceu para nos vigiar
E derramar a chuva por mazela

Acenda a luz do abajur lilás
Vamos espantá-la com esta luz voraz
Nossos corpos em frenesi, a nos amar

Vem esqueça o passado que nos separou
O vazio que em nossa alma habitou
Sejamos novamente amantes ao luar!
Tânia Mara Camargo
Enviado por Tânia Mara Camargo em 05/09/2007
Código do texto: T639424
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Mara Camargo
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 60 anos
508 textos (17572 leituras)
7 áudios (417 audições)
1 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:39)
Tânia Mara Camargo