Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INSPIRADORA CHUVA POÉTICA.

Escuta a chuva que cai lá fora.
Sim, está refrescando o clima.
Corpos quentes, agora molhados;
Deslumbrando a arte do corpo enxaguado.

Escuta a chuva, ela vem com violência,
Anda carente de carícias, tão só, tão solitária.
O vento finalmente surge para fazer companhia.
Vai acalmando a trovoada que também faz presença.

O vento se dissipa e a trovoada ganha campo.
A chuva não gostando muito da gentileza da trovoada
Vai diminuindo a intensidade, obrigando a parada dos trovões.
Trovoada triste desiste de mostrar a sua grande fúria.

Escuta a chuva, ela surge entre as colinas.
Ela vem tranquila, é passageira, é vitoriosa na batalha.
A chuva dá trégua, não é necessário destruir uma cidade.
Tudo volta à normalidade, a chuva se despede.

Um belo clima para se amar, num lugar só nosso.
Estar nos braços do amor se aquecendo,
Se sentir protegida e dormir sobre o ombro másculo;
Mas tudo tem o seu tempo e momento.


03.04.2007
* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigada!
Graciele Gessner
Enviado por Graciele Gessner em 05/09/2007
Reeditado em 21/07/2011
Código do texto: T639579
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome da autora Graciele Gessner). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Graciele Gessner
Timbó - Santa Catarina - Brasil
963 textos (121233 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 06:32)
Graciele Gessner