Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ABRAÇOS AMIGOS...


Têm dias
que a gente se desespera
quando pensa que as pessoas
a quem amamos
nas horas difíceis
viram-nos as costas

Dá-me uma dor no peito
caio ao chão
mas qual é a mão
que se estende para amparar?

Filhos naturais
filhos adotivos
filhos nossos
filhos dos outros?

E meus braços estendidos
tateiam procurando
as mãos que me amparam
e quem me abraça?

Restaram os amigos...


MÁRIO FEIJÓ
Enviado por MÁRIO FEIJÓ em 06/09/2007
Reeditado em 06/09/2007
Código do texto: T640948
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MÁRIO FEIJÓ
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil, 65 anos
4766 textos (296159 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 00:48)
MÁRIO FEIJÓ