Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
LUA


Num céu púrpuro
Onde o sol se escondia
A lua de um branco puro
Bem rápido aparecia.

Majestosa a brilhar
Convida a todos a admirar
Sua beleza estonteante
Que na madrugada vai imperar.

Ela convida o trovador
Para com ela namorar
Fala-lhe só de amor
Que lhe faz serenata ao luar.

Nesta seresta ele chora
As magoas sofridas aqui
A lua não vai embora
Enquanto não o vê partir.

O poeta enamorado
Faz-lhe logo uma canção
Ficando cada vez apaixonado
Querendo beija-la então.

Mas a lua esquiva
Fica lá no alto a admirar
As estrelas sempre ativas
Não ficam tontas com seu luar.
ANGELICA ARANTES
Enviado por ANGELICA ARANTES em 07/09/2007
Reeditado em 08/09/2007
Código do texto: T642346
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANGELICA ARANTES
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
4373 textos (289489 leituras)
72 e-livros (3873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 05:49)
ANGELICA ARANTES