Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não paro de pensar




lembro dos beijos que vi e dei

quando criança olhava para cima

ficava vendo os adultos se beijarem

não corria, nem brincava

não entendia e só olhava

não entendia...

hoje continuo olhando

alguns lábios a se tocarem

sinto muita saudades

fico só olhando...

vejo amor pulsando nesses beijos

como amam!

hoje bem mais velho do que penso

já não beijo e quase nem ando mais

apenas sento e fico olhando

aqui tenho uma janela

tenho uma praça, olho ela

tem praça na minha janela,

fico sempre ali a olhar

canso, fecho a janela, viro e deito

não durmo nem sonho, só penso

em um amor fico só a relembrar..

num amor que um dia tive

como eu amava, que saudades!

mais o que sinto falta agora

é de poder de novo beijar

hoje meu beijo é só deste amor

que muito me beijou

e que um dia me deixou

desta já se foi,

ninguém nunca mais beijei

onde está, se lembrar de mim!!!

acho que muito vai sorrir

pois penso tanto nela

quando lembro da minha infância

e lá ficava só a olhar;

penso nela quando olho os outros a se beijar

penso nela quando lembro dos nossos beijos

ela deve ser feliz onde está

em saber que não paro de pensar.

Paulo de Tarso Itacarambi
Enviado por Paulo de Tarso Itacarambi em 07/09/2007
Reeditado em 07/09/2007
Código do texto: T642407

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Tarcio). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo de Tarso Itacarambi
Poá - São Paulo - Brasil, 57 anos
433 textos (25514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:15)
Paulo de Tarso Itacarambi