Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FINAL

                   Fostes um devaneio mas despertei!
                   Uma alienação  que não mais alucina...
                   Sua ilusão não mais beberei.
                   Agora o  adeus não é mais agonia!
                   Um simples fim de princesa  menina...
                   A liberdade agora prepotente  contagia.
                   O passado é  um vicio eterno...
                   O futuro senhor da imensidão!
                   O coração um rei do eterno...
                       
                     
                       
Poeta Mario Macedo de Almeida
Enviado por Poeta Mario Macedo de Almeida em 07/09/2007
Reeditado em 07/09/2007
Código do texto: T642412

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Mario Macedo de Almeida
Guarujá - São Paulo - Brasil, 56 anos
676 textos (39617 leituras)
3 áudios (248 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 05:41)
Poeta Mario Macedo de Almeida