Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tua presença tão amada!

Recordar-te na rima perdida,
No verso altivo e triste.
Faz-me chorar lágrima maldita,
Que a queimar minha face persiste!

No entanto com o sorriso, iludo e minto!
Forte perante a ti quero mostrar.
Escondo a dor que sinto,
Para minha fraqueza diante de ti não desnudar.

Sou um anjo de asas partidas,
Sem ter um rumo, um prumo ou um recanto.
Enquanto tu segues teu caminho sem recordar-te das feridas,
Eu morro cada dia entregue aos meus fantasmas no meu canto.

Nem sua sombra sequer, por aqui passa para o meu alento.
Fui condenada a morrer de amor nesta vida.
Sem os teus carinhos para o meu sustento,
Sem a tua presença, tão amada, e tão preferida!
Mel L Frankust
Enviado por Mel L Frankust em 07/09/2007
Código do texto: T642656

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mel L Frankust
Goiânia - Goiás - Brasil
749 textos (34699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 00:40)
Mel L Frankust