Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

* MIRAGEM...


Miro a aragem enfim,

fixo ponto incerto a procura de ti!

Descortinando sonhos, desnudando a realidade

duma miragem sinto o corpo, sinto o calor que emana!

Loucura!

Seu perfume me impregna o olfato,

todo de jasmim...

Cores me saltam aos olhos estaticos,

formando texturas, formas, as tuas formas...

A miragem se encaminha em minha direção,

forma que guarda teus tesouros mais caros: Sentimentos e alma?

Lágrimas...

Como a tua presença é doce e desejada!

Abro o braço para um abraço, em ti...

Com a face sorridente chegas perto de mim...

Posso sentir a tua presença,

posso sentir teu calor...

Me preparo para entregar-me a ti,

completamente...

Aperto o laço do abraço, para te abraçar...

Mas tudo é aragem...

Tudo é uma ilusão que baila no ar...

A solidão já me rouba a razão...

Eu não posso mais sem você ficar!

Sofrem o meu corpo, a minha alma, meu coração!


Edvaldo Rosa

WWW.SACPAIXAO.NET

11/08/2007

* Este poema faz parte da Antologia Escritores Brasileiros, Rb Editora, 2008

 
   

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 08/09/2007
Reeditado em 19/09/2014
Código do texto: T644159
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
1740 textos (177253 leituras)
23 áudios (10678 audições)
35 e-livros (9293 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 22:00)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor