Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BOBAGENS

Quantas bobagens fiz por amor!
Quanto mico paguei!
Quantas vezes chorei...
Quantas vezes bebi,
me embriaguei.
Pensei em morrer.
Overdose de comprimidos,
coma alcoólica:
hospital, soro,
agulhadas por toda parte
e eu ali.
E quando me diziam:
Um dia você vai dar
muitas risadas de tudo isso.
Inútil. Eu não acreditava.
Pois já dei as risadas.
Muitas.
Mas continuo amando...
e fazendo bobagens,
pagando micos,
porque amar é isso:
é perder a razão!




 


Angela Ramalho
Enviado por Angela Ramalho em 08/09/2007
Código do texto: T644186

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angela Ramalho
Maringá - Paraná - Brasil
648 textos (58889 leituras)
8 e-livros (949 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:09)
Angela Ramalho