Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMAS DE AMOR DESPREZADOS PARTE 5

NOVAMENTE MEU CORAÇÃO SE DESPEDAÇA
E EU FICO UNS TEMPOS SEM SORRIR
AGORA QUE CAI EM DESGRAÇA
NEM SEI DIREITO OQUE SENTIR

O TEMPO PAREÇE QUE NÃO PASSA
E ESTÁ DIFÍCIL DE SEGUIR
AS COISAS PAREÇEM TÃO SEM GRAÇA
E NÃO TENHO PRA ONDE FUGIR
QUALQUER COISA QUE EU FAÇA
PAREÇE-ME UMA FORMA DE MENTIR.
pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 28/10/2005
Código do texto: T64467
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 34 anos
172 textos (5174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:15)
pedro carmo