Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje lembrei de você,

            Como foi bom te amar,

            O meu entregar,

            O teu desejar,

            Ver o desejo no teu olhar,

            Sentir teus braços me aconchegar,    

            Teus lábios em minha boca salivar...

            Me lembrei como foi bom te amar...

 

E por te amar...

            Chorei por ter tudo acabado,

            Você ter me abandonado,

            Sem respostas, sem motivo...

            Ter por muito tempo te esperado,

            Um telefonema, uma notícia...

            Fiquei no aguardo...

 

E te aguardando...

            Sofri com tua ausência,

            Ausência da minha entrega,

            Do teu desejo,

            Do brilho dos meus olhos,

            O desejo do teu beijo,

            Teu corpo na minha cama ainda vejo!

            E nesta fantasia sofro...

 

Sofri...

            Porque na tua ausência ficou o frio,

            A falta do teu beijo quente,

            Fiquei perdida, desnorteada,   

            Sem teus abraços para me abrigar,

            Fiquei com a solidão do meu quarto,

            E meu corpo desejando te amar.

 

Desejei...

            Tua presença em mim novamente,

            A felicidade que se foi,

            Os sonhos que não se realizaram,

            Os planos desfeitos,

            A vida ao teu lado...

            Desejei e tudo se acabou,

            Deixando apenas este amor...

 

E deste amor...

            Guardei na lembrança

            Como foi bom te amar,

            Aguardei você por muito tempo,

            Sofri com esta angustia de te esperar,

            Desejei que esta espera fosse acabar,

            E a história do nosso amor fosse retornar!

 

E hoje lembrei de você...

            Que nada disto aconteceu,

            Muitas noites eu chorei,

            Mas, o tempo curou a tua ausência,

            E o vento trouxe apenas a lembrança,

            De quem um dia muito amei,

            E que por  este amor quase que morri...

            E os dias se passaram, as noites se arrastavam,

            E aprendi que é verdade:

            “Depois da tempestade, o sol surgirá...”

            Hoje, foi o dia, que finalmente consegui,

            De recordar sem chorar,

            Hoje lembrei de você...

Lamandarino
Enviado por Lamandarino em 09/09/2007
Código do texto: T644780
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor(a): Luciana Mandarino). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lamandarino
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
367 textos (24406 leituras)
1 áudios (13 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 18:20)
Lamandarino