Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto da CAMISOLA TRANSPARENTE

Soneto da CAMISOLA TRANSPARENTE



Na transparência da camisola cor de rosa
Vê-se um corpo esbelto e bem delineado
Esse corpo é o seu, minha bela e formosa,
E por ele, estou radicalmente apaixonado.


O seu corpo moreno faz ficar tão airosa,
Quando deita sobre o lençol perfumado,
Pisca os olhos e eu a chamo de  gostosa,
Faz isto porque sabe que estou afeiçoado.


Ela sabe que seu corpo muito me agrada
Quando nos encontramos pela madrugada
Para meus desejos dar vazão em noite fria.


Ele mexe com meus sentidos, que alegria
Quando ela me beija. Oh! Quanta ternura,
Quanto carinho e também quanta loucura.
                                                 
tancredo
Enviado por tancredo em 28/10/2005
Código do texto: T64493
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tancredo
Valença - Rio de Janeiro - Brasil, 76 anos
118 textos (65389 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:17)
tancredo