Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                 Venha logo, quero viver...

                Luiz Claudio Bento Da Costa.


Vem das posses do encontro,
marca comigo as suas dores,
estou aqui no recanto do meu quarto,
não falte, a tua ausência vai me machucar,
perdoe a minha insistência,
mas quero te dizer,
é caso de vida ou de morte,
meus sonhos estão presos
e a minha realidade vaga sem direção.

Queria falar de uma estrela cadente,
onde o risco do destino,
traça um feixe de luz,
no coração apaixonado, 
pedindo esse encontro.

Talvez seja um tom de desespero,
ter o seu amor
é uma questão de milagre para mim.
Meus raios cinzas,
inconscientes e intolerantes,
mesmo cansado,
querendo dormir,
não durmo.

E o segredo que tenho talhado no peito,
falta você
e só você, 
pode completar o meu contexto,
porque caminho desprovido no quarto,
sem lenço e nem documento,
só uma imensa dor,
aquela que temo,
não poder te amar,
com a tamanha grandeza,
que exige o nosso amor.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 09/09/2007
Reeditado em 10/09/2007
Código do texto: T645224
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
735 textos (26740 leituras)
1 áudios (177 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 11:01)
Condor Azul