Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não há arte que exprima,
Não há álgebra que suporte,
Não há ciência que oculte,
Não há lógica que explique,
Não há signos linguísticos suficientes,
Não há telas magistrais,

Que espere o artista!
Que enlouqueça o o cálculo!
Que seja nua a folha!
Que não encontre cor  as telas!?
Que raças e líguas esperem...

Para decifrar o indecífravel poder do amor!

Por ele se mata.
Por ele se morre.
Por ele se sofre.
Por ele se ri.
Por ele se fica
Por ele se chora
Por ele se vai embora.

Porque não há lógicas para decifrar o
AMOR 
lisbella
Enviado por lisbella em 28/10/2005
Código do texto: T64628
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisbella
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 50 anos
345 textos (16835 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:54)
lisbella