Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMINHA DO AMOR CRUEL

AH! E O QUE É PIOR?
SERÁ VER O CÉU ESTRELADO E LEMBRAR QUE ELA ESTÁ LONGE
TALVEZ INACESSÍVEL?
OU VÊ-LA TODO DIA TÃO PERTO E CONSUMIR-SE DE DESEJOS
SEM ESPERANÇA DE SER NOTADO?
POR QUE O AMOR TEM QUE SER ASSIM?
SERÁ ELE TÃO CRUEL, A PONTO DE PERMITIR QUE QUEM AME DEFINHE
SEM CONTUDO DÁ-LHE A CORAGEM PARA DIZER: TE AMO?
AH! SE AO MENOS ELA SOUBESSE...
EU NÃO TERIA MOTIVOS PARA LAMENTAR TANTO MINHA SORTE.
POR QUE O AMOR É TÃO CONTRÁRIO A SI?
AMANHÃ
TALVEZ O CÉU NÃO ESTEJA ESTRELADO,
O MEU DESEJO PODERÁ TER-SE CONSUMIDO
MAS TUDO PERMANECERÁ IGUAL.


20/08/07
DS BARBOSA
Enviado por DS BARBOSA em 10/09/2007
Reeditado em 11/12/2007
Código do texto: T646538

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DS BARBOSA
Luzilândia - Piauí - Brasil, 33 anos
38 textos (2283 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:19)
DS BARBOSA