Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amei-te desde sempre

Meu Poeta


Amar-te é minha sina.
Amor que não se explica, não se ensina.
Desejar-te é o meu tormento.
Desejo que consome e me tira todo alento.

Quisera em teus braços repousar,
Ando perdida de ti, por ti!
Não sei para onde caminhar,
Pois todos caminhos me levam a ti. Não resisti!

Como uma mulher apaixonada entrego-me
Como uma menina, busco a tua ajuda.
Como uma amante, jogo-me a teus pés.
Assim estou, assim sou, sem nem mesmo saber como és!

Amei-te desde sempre. Ah insensato coração!
Acompanhei-te  em silêncio para não provocar tua ira.
Vi amores e amores entrarem em tua vida.
E desejei que sejas feliz, mesmo não sendo tua preferida.  
Mel L Frankust
Enviado por Mel L Frankust em 11/09/2007
Código do texto: T647340

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mel L Frankust
Goiânia - Goiás - Brasil
749 textos (34687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 03:59)
Mel L Frankust