Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SE O AMOR MANDASSE AVISO

SE O AMOR MANDASSE AVISO

O amor deveria ser aquela coisa bem resolvida, que quando chega conserta tudo em nossa vida, mas nem sempre é assim...

Muitas vezes ele chega e traz tantos problemas, tanta dor e sofrimento, que nos perguntamos por que tem que ser assim...

Não há quem não sonhe encontrar um grande amor, assim como também não há quem não tenha sentido por causa dele, muita dor...

Seria tudo tão simples, se cada vez que o amor acontecesse, fosse tudo motivo de alegria, mas nem sempre ele chega com a magia com que o sonhamos...

Ele não escolhe a hora e chega quando menos o esperamos e nem sempre estamos prontos para abrigá-lo dentro de nós...

Ele se aloja sem nos pedir permissão e não temos outra escolha, a não ser deixá-lo ali dentro do peito, ocupando um espaço que não estava preparado para hospedá-lo...

Tudo se transforma dentro de nós e o que antes era paz, ainda que uma falsa paz, transforma-se em inquietude, desespero, ansiedade...

E aos poucos descobrimos o poder deste sentimento, que com a mesma intensidade que ele nos faz feliz, pode também nos magoar profundamente...

Um coração deveria ser preparado para receber o amor, da mesma forma que se prepara um jardim para receber a flor, pois ela nasce independente do cuidado, mas já chega quase sem vida...

Assim é todo amor que chega a um coração maltratado, dificilmente ele sobrevive...

Como seria bom se pudéssemos preparar nosso coração primeiro, assim, quando o amor chegasse, estaria pronto para recebê-lo e vivê-lo com toda a intensidade e magia com que o sonhamos um dia e o amor seria tão somente, uma poesia em nossa vida em nosso coração...

Mas ele não nos avisa e sentindo-se oprimido, ele se vai de nós, deixando um vazio naquele espaço que ele criou e ocupou e, só nos resta lamentar a saudade que ele deixou, lembrando-nos que o peso da solidão também ocupa espaço...

Célia Jardim

Célia Jardim
Enviado por Célia Jardim em 12/09/2007
Reeditado em 29/12/2008
Código do texto: T649303

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia Jardim
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
1077 textos (44245 leituras)
19 áudios (1406 audições)
9 e-livros (770 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 07:42)
Célia Jardim