Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AUSPÍCIO DE UM AMOR


Mas há um mundo inteiro que finge não ver,
As honrosas insígnias do meu sentimento,
Que voam no cósmico em alta tribuna,
Serenamente, elegendo-te uma princesa.

Eis a minha bancada meritória de sublimação,
O meu refrão soa nos teus sonhos amáveis,
Sintetizando as oscilações da minha realidade,
No dia a dia com maior intensidade: te amo.

Quero amparar nesta constelação airosa,
A íntima celebração do amor à verdade,
Unicamente aprovada por tuas belas mãos,
Tenho certeza que não trarei incompreensões.

A nossa veneração será indissolúvel na vida,
Sejam quais forem as dolorosas injustiças,
Que campeiam na existência humana,
Perdurará a nossa união e concórdia.

Nesse rumo, cauteloso eu vou te amar,
Colidindo nas consequências dos dias,
Focalizando as razões e mazelas da vida,
Contribuindo na justeza desse louco amor.

Permito-me pedir mais um agigantado beijo,
Motivado nas circunstâncias generalizadas,
Ainda quando possa vir, estarei na tua prisão,
Reativando promoção da feição idealizada.

ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 12/09/2007
Reeditado em 04/10/2011
Código do texto: T650107
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4261 textos (2097693 leituras)
1 áudios (995 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 18:04)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor