Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEMÓRIA

Há de se lembrar do palhaço,
das caras pintadas, do estardalhaço.

Há de se lembrar dos meninos,
que tinham vida, tinham destino.

Há de se lembrar da mulher amada,
nos sonhos castos tão desejada.

Há de se lembrar das foscas luzes,
do perfilado irregular das cruzes.

Há de se lembrar das rotas vestes,
que cobrem os corpos, desnudam as pestes.

Há de se lembrar das vezes tantas,
em que as palavras morriam na garganta.

Há de se lembrar dos poetas,
às vezes sem causas, outras sem metas.

1.999
JOSE LINS
Enviado por JOSE LINS em 13/09/2007
Código do texto: T650248
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSE LINS
Lins - São Paulo - Brasil, 62 anos
499 textos (31842 leituras)
26 áudios (1988 audições)
4 e-livros (116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 19:02)
JOSE LINS