Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

foto...........uma deusa  chamada  EMANUELLY





AMAR DE NOVO

 




FECHO OS OLHOS


SINTO O BARULHO DO SILÊNCIO


LÁGRIMAS EM CASCATA


FALTA DE LENÇO


OS PASSOS DA REJEIÇÃO ECOAM


O TOC TOC DE SALTOS ME ASSALTA


O LEVE ROÇAR DA SÊDA É ANGUSTIANTE


EM CADA CANTO
DA CONSCIÊNCIA


INSISTE TUA PRESENÇA


UMA SUAVE BRISA ERIÇA MINHA PELE


DOS QUARTOS DA LUA


SÓ NO MINGUANTE NÃO FOMOS 
EXTENUANTES


POR VEZES FICASTE CHEIA


POR VEZES ME SACIASTE


OUTRAS TOLAMENTE ECLIPSASTE


EM CADA DOBRA DA
ALMA


A MANSIDÃO PERDIDA DA CALMA


MEU INTERIOR SE FAZ NEGROR


A LUZ DA MELIFLUA ESPERANÇA


TEIMA EMMARCAR DISTANCIA


SE CHOREI


SE SORRI


TENHO CERTEZA QUE SOBREVIVI


O LÂNGUIDO PENAR DE MAIS UMA 
AFLIÇÃO


SE DEVANESCE NA SOLIDÃO


TE QUIS , TE QUERO


TE AMO, TE VENERO


QUIÇÁ CUPIDO SE FAÇA PRESENTE


DEIXES DESSE JEITO INDOLENTE


NÃO CANSAREI DE ESPERAR


VENHA OUTRA VEZ ME AMAR



 

GDaun
Enviado por GDaun em 13/09/2007
Código do texto: T650554

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 73 anos
653 textos (44935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/11/17 11:33)
GDaun