Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
         Um homem de habita

         Um homem me habita 
         eu mulher parte dele. 
                 Unas carnes domam 
                 paixões sanguíneas.
     Aflora no meu peito 
     saída dele, - o homem -  
     bendita seiva 
     colhida e escorrida ao corpo,
     qual pérola derretida. 
                Sumo, néctar sorvido
                em deslizante gozo
                que seduz alma e 
                empregna amor à carne. 

     Um homem me habita
     e me tange qual harpa
     na morada consentida. 
              Percorre pele, fixa aroma
              corre e abre caminhos,
              sai de mim sem deixar-me
              seus sonoros tímbres
              de barítono que me canta
              divinas passagens... 
          
          Um homem me habita
          eu mulher parte para ele.
Divina Reis Jatobá
Enviado por Divina Reis Jatobá em 13/09/2007
Reeditado em 07/07/2008
Código do texto: T650773

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Divina Reis Jatobá
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 56 anos
289 textos (39992 leituras)
6 áudios (1220 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 03:38)
Divina Reis Jatobá