Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Contagem regressiva



Parte nave louca, ensandecida!
Alcance velocidade e desapareça!
Vá, saia de vez da minha vida,
e permita de uma vez que eu te esqueça!

Seu pouso esterilizou meu solo.
Matando tudo o que em mim vicejava.
Enquanto eu lhe recebia em meu colo,
você, nave cruel, me enganava...

Verdades são como pousos verdadeiros.
As que permanecem são feitas das mesmas asas.
As mentiras são aqueles voos ligeiros,
que não aterrissam, mas destroem suas casas...


SATURNO
Enviado por SATURNO em 13/09/2007
Reeditado em 09/06/2013
Código do texto: T651054
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SATURNO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
660 textos (48350 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:29)
SATURNO