Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRETEXTO



tentei te esquecer  de vez
mas  o meu peito não deixava.
Ficou cravado por tuas flechas,
do amor , de tua aljava !

Tentei o espinho da rosa
para ferir esse amor ,
mas como diz o poeta ;
"espinho não machuca a flor"

Tentei queimar as poesias ,
as minhas e as tuas próprias ,
mas esqueci que elas estavam
em nós , em infinitas cópias .

Fiquei com a cópia da chave ,
"como pretexto de voltar"
mas não trancavas a porta ,
com pretexto de me amar !


SBC-SP-22/10/2005
autor-José Alberto Lopes.
José Alberto Lopes
Enviado por José Alberto Lopes em 29/10/2005
Código do texto: T65163
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Alberto Lopes
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil
596 textos (36596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:19)
José Alberto Lopes