Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versar-te



Amada,
não se engane com meu jeito imaturo
pois sou porto seguro
em rotas de escuro, iluminado pelo teu olhar.
Verso teu sexo –mulher- minha dor.
Entenda, aprenda a prenda que é meu amor.

Linda,
quando tua luz se acende
meu der entende
que eternidade está por vir.
Tua é minha glória e todo o universo
compreenderá que meu verso
está anexo a ti.

Entenda,
minha poesia tornar-te-á lenda,
então alegria haverá como jamais houve.
Mas ouve,
meus versos trarão contenda
e eterna, comigo, serás.
Iran Maia
Enviado por Iran Maia em 14/09/2007
Código do texto: T652190

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Iran Maia
Valença - Bahia - Brasil, 25 anos
53 textos (2362 leituras)
2 e-livros (328 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 11:01)
Iran Maia