Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Posse

Na amplitude doirada de céu isento,
a dor e a paixão,
aliados indestrutíveis,
desanexam-se,
inconciliáveis,
numa explosão inglória!...

A dor anulou-se
e, no céu que restou,
paira tão somente a paixão.

O teu rosto ergue-se acima das nuvens,
brilham-te os beijos
e as mãos serenas,
espalhadas sobre a minha pele...

Teus dedos afinam a harpa dos meus seios
e embalam o mundo com melodias roubadas...
ao mundo da fantasia!...

Choro e rio ao som das tuas carícias,
elevo-me de mim
e danço nos teus braços!

Sucumbo ao teu corpo,
possuída a alma!
 
 
 

goretidias
Enviado por goretidias em 14/09/2007
Código do texto: T652480
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
goretidias
Portugal, 59 anos
108 textos (5262 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 07:18)
goretidias