Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sarana, Minha Princesa

Quando olhei pra ti, foste embora a tristeza.
Bela e casta logo me enfeitiçou.
Reverenciada, percebi que eras a princesa.
O meu encanto por ti se amenizou.

Pelo rei foi prometida a um noivado.
O noivo: um príncipe belo, cabelos longos, um culto.
Terás o direito de governar todo o nosso estado.
De volta a tristeza, meu coração ficou de luto.

Contigo cheguei a sonhar:

Possuía-lhe com amor, sem pudor até nos lambuzar.
Os corpos molhados... Saciados. Os lábios adormecidos de tanto nos beijar.
A cada movimento sincronizado de nossos corpos
Proferia sussurros de prazer, que logo foi se findando.
Feliz acordei de volta a realidade e vi que estava sonhando.
 
A cada dia ia me aproximando
Tu percebestes os meus desejos.
Nos meus braços adormeceu, enquanto ia te afagando.
Ao amanhecer, impetuoso a beijei, e tu entrastes em desespero.

Dissestes: - Sou bela e futura rainha deste reino.
Você é só um plebeu... O meu súdito
Não tem virtudes, nome e um futuro como tenho!
E eu logo fiquei com medo da morte e do escuro.

E dissestes mais: - Sou Sarana a tua princesa
Não sabia que era tão amada, vou te beijar antes de tu sucumbir...
E vou declarar a todos está história, mesmo sabendo
Que irei perder à minha coroa
Mas não quero perder você de minha memória.

Tulio Rodrigues
Enviado por Tulio Rodrigues em 14/09/2007
Código do texto: T652700
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tulio Rodrigues). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tulio Rodrigues
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
109 textos (5818 leituras)
9 áudios (308 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:32)
Tulio Rodrigues