Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AGORA

                         - Agora estou sentado,cansado,
                           com o sol do entardecer em
                           minha face a enrubecer.
                           
                        - Tudo é verde, em volta não
                           sessam os ruídos contidos nas
                           paredes das casas, agora o vento
                           é forte, agora, agora
                       
                        - As pedras não se movem, ainda
                          que estorvem quem debaixo delas tenta
                          nascer e a vida entender, agora, agora.

                       - O sol é cada vez mais fraco, não consigo,
                         ainda que raro quero comigo a bondade, é
                         preciso haver piedade, agora, agora.
                         
canoas
Enviado por canoas em 14/09/2007
Reeditado em 06/10/2007
Código do texto: T652865
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
canoas
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 63 anos
41 textos (1823 leituras)
1 e-livros (24 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 09:26)