Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

era uma vez

Era uma vez

Um menino que tanto procurou
E por incrível que pareça achou um amor
Porque estava cansado de ser um filosofo
Que por sua vez foi correspondido
Será que está feliz?
Ou será mais uma ilusão?

Recitava para ela Vinicius de Moraes,
Luis Fernando Veríssimo, Machado de Assis.
O mas lindo poema.
Até suas obras, não que seja menos importante,
Mas quem escreveu foi o coração.

Mais i o filosofo insiste a aparecer
Por um passe de mágica, seu amor foi trocado.
Quando recebeu a noticia
Fez-se de forte
Não choro
Preferiu escrever o que sentir.
Hoje aqui estou eu,
Com minha carteira de cigarros e com uma garrafa de bebida
Escrevendo esse testemunho
Mas o que eu queria mesmo era (...)
Era chora!

Autor: (Almeida e Santos)
Almeida e santos
Enviado por Almeida e santos em 15/09/2007
Reeditado em 27/08/2008
Código do texto: T653357

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Almeida e santos
Belém - Pará - Brasil, 31 anos
52 textos (2043 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 07:00)
Almeida e santos