Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TANTAS COISAS!

Andei, parei.
Sorri, chorei.
Cai, levantei.
Já vivi tantas coisas que nem sei.

Eu dancei um bolero
ou era um samba canção!
Talvez fosse uma valsa,
não me lembro do som.

A boca que beijei
tinha gosto de maça.
Há!!Lembrei-me era morango;
ou será que era hortelã?

Meu coração já bateu forte;
será que foi taquicardia?
Será que foi amor?
Será que foi uma linda poesia?

Até o tal do grande amor
foi o meu fogo de palha.
Lembrei-me!! O meu lado boêmio
isolei numa muralha.
Eduardo Samuel Ferreira
Enviado por Eduardo Samuel Ferreira em 15/09/2007
Código do texto: T653774

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Eduardo Samuel Ferreira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Samuel Ferreira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
315 textos (28978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 06:09)
Eduardo Samuel Ferreira