Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tormentos Poéticos



16/09/07
                                                 
Das mais longínquas
forças existentes
dentro do próprio eu
Numa alucinada
e assídua busca
desenfreando meus desejos
ao verdadeiro amor
existente em pensamentos,
criando um mundo lendário,
dum poeta imaginário
Que sonhas com o luar
em amar e amar...
Que consegues duma flor
amenizar a dor
transformando ela em amor
para um lindo beija flor.
Que pensas ter parado o vento
para dar tempo ao intento
das rimas e versos
Quando ao inverso
duma realidade
de pura saudade
a despertar em lagrimas
quentes  banhando a face
recordando uma frase
escrita dentro dum desenho
em forma de coração.
O tempo amarelou
a folha branca
Mas não apagou
os instantes daqueles momentos
Que insiste em ferir meu peito
deitado em meu leito,
sonho com tudo,
fico mudo
Só ouço o soluço
do meu sentimento
designado ao tormento...

Ledemir Bertagnoli
Poeta Paulista
Enviado por Poeta Paulista em 16/09/2007
Código do texto: T654803
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Paulista
Hortolândia - São Paulo - Brasil, 53 anos
439 textos (50665 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:37)
Poeta Paulista