Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


DÁDIVAS DA VIDA

Enxugo os olhos nas flores
do jardim que me cerca em cores
minha morada é melancólica
tem  amores tão antigos
tem também muitos desgostos
de amar  sem ser amada
de ser amada e não amar

Meu semblante vive em festa
entre lágrimas e serestas 
somo amor com poesia
multiplico a alegria
me divido em nostalgia
e  agradeço dia a dia
o que me foi agraciado
pelas dádivas da vida

 

Glória Cunha Matutina


48083831wt8.gif
 

 
Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 16/09/2007
Reeditado em 13/12/2013
Código do texto: T655195
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Raio de Lua
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
2394 textos (1397677 leituras)
15 e-livros (54395 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 04:03)
Raio de Lua