Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRA QUE LEMBRES DE MIM

Neste cativeiro fico tristonho,
pertenço a um passado.
Tenho saudades deste tempo
por isto escrevo .....
Pra ti falar toda verdade
tenho ternura de lembrar teus beijos
agora que finda o dia.

Todo vento como o tempo - passa -
minhas dores e tristezas
ainda estão presentes por estes tropeços.
Procuro ter cautela
pra que lembres de mim,
já que tens candura no coração.

Sou criança, sou gente que tem coração,
que chora, sorri e estende a mão
pra ti felicidade. Não vejo solidão
que me possa consumir,
conto contigo neste meu cantar
se assim pode ser  ?
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 16/09/2007
Código do texto: T655538
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (122304 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 03:45)
tabayara sol e sul