Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMENIDADES - CANTO I - Encantadora

Dá-me uma alegria imensa
porquanto, festejamos nosso amor.
Parece mentira ! Diante de mim sinto que nada dispensa
por surgires como perfeição, esplendor.

Há pouco, minhas mãos tremulas de adulto
aguardavam ansiosamente poder te afagar.
Dentro de mim orquesta desafinada, e tudo culto
pôs-se a tocar suavemente cantigas pra ninar.

Súbito ! Senti seres a mulher amanuense
mais encantadora deste coração manhoso,
a estrela guia que me faltava madrilhense;
coloquei-me a pensar num futuro ainda duvidoso.

Que belas conclusões  !  Grande  animador.
Entrevi em mim e em ti o relampejar de toda calmaria,
a claridade da sabedoria plena e um pouco estarrecedor
me diria o profeta, tão perto de mim nesta maresia.

Ainda bem que no final, pude te beijar e abraçar
desde o peito e colo querido
para bem me acalmar
nesta doação tua por mim estando tudo inserido.

Posso seguir minha trilha por agora
se confirmo meu andar e pensar ao nome da mulher austral
flor divina que Deus criou pra bem de ser nora
de uma outra mulher de sabedoria transcedental.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 17/09/2007
Reeditado em 04/01/2009
Código do texto: T656133
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (122275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 08:21)
tabayara sol e sul