Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sempre



Essa dor...
>Buraco na alma.
>Pedaço que falta.
>Que não me deixa voar,
>pela imensidão do teu olhar.
>Queria ter um minuto contigo.
>Que não fossem somente sonhos.
>Nem fosse inventado.
>E eu ficasse grudado,
>nos teus lindos olhos.
>
>Poderia dizer isso para sempre.
>Dizer que és tudo.
>Meu mundo.
>Minha alegria.
>Meu sorriso.
>Mas se digo,
>estristeço.
>Murcho.
>Desapareço.
>
>Porque és distante,
>mesmo tocando meu rosto.
>Indiferente ao meu mundo.
>Que me trouxe de tão longe.
>Porque necessitava de ti,
>pra continuar em mim.
>Tua vida, teu horizonte,
>é meu antídoto.
>
>Minha mente é tão confusa,
>quanto as minhas mãos,
>quando te encontram.
>Quando te tocam.
>O céu é testemunha de todas as minhas ilusões.
>Lá te procuro a todo o instante.
>E no infinito, meus dedos te tocam.
>
>Talvez tenha nascido
>só pra te querer.
>Mas talvez eu,
>inundado de ti,
>seja somente um louco,
>desvairado.
>
>Essa loucura,
>que me inspira.
>Que me coloca perto do teu corpo,
>é a mesma que me tortura.
>Me leva pra longe da tua alma.
>
>Porque eu talvez parta.
>Porque nunca te tive.
>E o tempo se acaba.
>E meu coração sempre se perde.
>
>És parte de mim.
>Por isso te adoro tanto assim.
>Mas todas as histórias tem fim.
>
>Se tivesses me amado.
>Se me tivesse mais perto.
>
>Se eu vivesse para sempre, te amaria eternamente....
>
Márcio José
Enviado por Márcio José em 31/10/2005
Código do texto: T65807
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Márcio José
Curitiba - Paraná - Brasil, 48 anos
61 textos (26998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:30)
Márcio José