Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MOMENTOS XIV - Miragem

Olho pro seus olhos e sinto-me
Como o fogo a queimar, a arder
A chamejar dentro do meu peito
O desejar de te abraçar a acariciar
Sentir o âmago desejo de ser você
E você ser eu.
Sinto-me inflamar
E desvendo o sufoco que me abate
Eu sou eu e não você
E você é você e nunca será o eu.
Gostaria que tudo fosse único
Assim não haveria diferença
De querer ser o que não é.
Neste sentido ficaria tudo fácil
Pois alem de eu olhar você
Você olhara para mim sempre.
E seu olhar sentira o que eu sinto por você
E talvez você entenderia o que se passa comigo
É simples o amor faz tudo
Ate este momento de loucura
Sem se perceber ou decifrar.
É complicado simplificar as coisas
Que acontece conosco mas aconteceu
O que é que eu faço? Simplesmente nada
Fica assim mesmo.
Eu a admiro e contemplo
E você. Nem questão faz.
Pois não sei  mais o que faço
Por você doce recordação
Doce quadro... doce retrato...

(08/1991)
zizo
Enviado por zizo em 19/09/2007
Código do texto: T658698
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
zizo
Cubatão - São Paulo - Brasil, 61 anos
697 textos (28713 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:36)
zizo