Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PORTAS E JANELAS DE AMOR*


Olho na direção de uma estrela qualquer...
Céu claro, limpo, reluzente em pirilampos
E você em meus braços flutua num ballet...
Musa de minhas fantasias, meu encanto...

Permito você, Minha Vida, me levar, leve...
Ajoelhada por mim, impõe minha escolta...
Fico até que o dia amanheça, você pede...
É breve nosso momento em espaço, rota...

Tudo acende a paixão no passar das horas,
Precisamos deste tempo pra viver e amar...
Volto o olhar ao firmamento, já há portas
Pra abrir, me despedir e te ver... Acenar...

 
Ibernise . 
Indiara (GO), 19.09.2007.
Poema Inédito.
*Núcleo Temático Romântico.
Direitos autorais reservados/Lei n. 9.610 de 19.02.1998
Ibernise
Enviado por Ibernise em 19/09/2007
Reeditado em 28/08/2008
Código do texto: T659395
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Ibernise
Portugal, 67 anos
1348 textos (266527 leituras)
7 áudios (1158 audições)
11 e-livros (31604 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 04:42)
Ibernise

Site do Escritor