Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tarde Diferente

Sob a minha janela larga aberta
Brilham pomos de ouro maduro
E a vista perde-se deserta
Entre árvores de claro e escuro

A tarde cálida de calor
Aquece a alma de quem sonha
E leva-o errando por onde for
Por mares vales ou montanhas

Mas eu não vou não quero voar
A realidade é o que vejo
E o que sei só me faz lembrar
O tempo bom que tive e desejo

-----------------------------------------
-----------------------------------------

Dentro da tarde dócil
Caminham horas lentas d'ardor
Queria-as em anos fazendo-me fóssil
De um sentimento que já não haveria:      o amor.
Gilberto Cardoso
Enviado por Gilberto Cardoso em 19/09/2007
Código do texto: T659554

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto Cardoso
Portugal, 48 anos
91 textos (2874 leituras)
1 e-livros (54 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 12:05)
Gilberto Cardoso