Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pedir perdão



Em um ato me redimo
Num gesto um tanto...  Mínimo
De um estalo despertado

Sem precisar de alarde
Formal gesto de “boa vontade”
No estilo de quem faz calado

Esqueço a imobilidade
Nem percebo a velocidade
De automática iniciativa

Já me vejo após o cerco
Anteposto a qualquer acerto
Que prevenisse outra briga

Relaxo os músculos da face
Peço desculpas
Lhe seguro pelo braço
Assumo a culpa

Me despido do resto de orgulho
Que ainda seja entulho
Refugos de ressentimento

Abro o coração mofado
Que há tanto tempo fechado
Esperava este momento



Edbar
Enviado por Edbar em 20/09/2007
Código do texto: T660181
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edbar www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 66 anos
2957 textos (85559 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 09:30)
Edbar