Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PORTAS

PORTAS FECHADAS
EM FORMA DE SOLIDÃO
ABERTAS NA ESPERA
DE UMA NOVA PAIXÃO
PORTAS PINTADAS
COMO AS FLORES DA PRIMAVERA
PORTAS OPACAS
VIDAS VAZIAS
SEM ESPERANÇA
AS SEM PINTURAS
CANSADAS DA ESPERA DO GRANDE AMOR
OU UMA NOVA PINTURA
PARA ACALMAR A SUA TORTURA
SEM AMORES
COM MUITAS DORES
OS MÁRMORES DO CHÃO
PISADOS NAS ENTRADAS
E SAÍDAS DAS PORTAS
QUADRADAS OU ONDULADAS
RETANGULARES
MAS SOFREM SEM PERCEBER
POR QUEM PASSA SEM A VER
SENTIR A SUA TERNURA
FICA A ESPERA
DIA E NOITE
PARA CHEGAR
DIA OU A NOITE
PARA SER ACARICIADA
ALISADA
PARA SER BEM REFORMADA
NA SUA FORMA DE CONSERVAR
SEM MOSTRAR O SEUS SENTIMENTOS
NADA TEM A QUEM MACHUCAR
AQUELES QUE NUNCA NOTARAM
A SUA PRESENÇA
ELA VIVE BEM SEM A SUA INDIFERENÇA

Milton Nunes Fillho
Enviado por Milton Nunes Fillho em 01/11/2005
Código do texto: T66059
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Nunes Fillho
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1141 textos (460571 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:20)
Milton Nunes Fillho