Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enfim

Enfim
Um brilho no olhar
Por um momento a lembrar
E sonhar com alegrias sem fim

Ainda não me pego a cantar
Nem é tanto o consolo assim
Mas prelúdio de um comemorar

Inebriado de lembranças
Embalando a esperança
Um viver e sonhar
Como um belo versejar

Como a chama reavivada
A alma aquecida
Irrompendo a invernada

Resta-me o corpo
A querer de ti um pouco
E me brota o desejo louco
De possuir-te de alma e corpo

Sobre ti transpirar
Teus contornos a acariciar
Sua pele seu calor

Por ti me brota o verso
Por ti planejo a prosa
Como a beleza de uma rosa
E em sonhos sigo imerso
Jefferson Andrade
Enviado por Jefferson Andrade em 20/09/2007
Código do texto: T660821

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jefferson Andrade
Curitiba - Paraná - Brasil, 38 anos
151 textos (8491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 04:22)
Jefferson Andrade