Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Hora do Amor


Dá-Me A Tua Mão, Criança,
Vem Estrada Fora, Não Temas Nada,
Lá, Onde A Vista Não Alcança,
Há Uma Vida Para Ser Gozada.

Vida De Um Mundo Melhor,
Do Que Aquele Que Temos Aqui,
Mundo Onde Reina O Amor,
Onde Uma Criança Sorri, Sorri.

Sim, Lá, Tal Como Devia Ser
Em Todo O Lado, Manda O Sorriso,
Nenhuma Criança Merece Sofrer,
Pois Nada Poderá Justificar Isso.

Se Um Dia Vires Alguém A Chorar,
Pergunta-Lhe O Porquê Do Sofrimento,
E Nunca Tenhas Medo De Enfrentar
Quem Desrespeitar Este Mandamento.

Um Dia Quando Já Fores Velhinho,
Recordarás Tudo O Que Te Digo Agora,
E, Provavelmente, Dirás Ao Netinho,
Que O Amor Nunca Escolhe A Hora.


FrancisFerreira
2006/08/12
FrancisFerreira
Enviado por FrancisFerreira em 20/09/2007
Reeditado em 20/01/2008
Código do texto: T661012

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FrancisFerreira
Portugal, 58 anos
637 textos (32097 leituras)
4 áudios (101 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 04:24)
FrancisFerreira