Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOU UM POETA?

   
Esta pergunta
ao meu coração formulei:
porque na verdade eu não sei,
sou modesto e nada egoísta
sei que fata-me certas características.

Falta-me a musicalidade de Goethe
que em sua obra Fausto, tece
e se for pedir eu também quero
a mitologia dos versos de Homero

Sei que este não é poeta
mas falta-me a magia e a loucura de Cervantes
e o que dizer então
da profundidade infernal dos versos de Dante.

Me falta isso e algo mais
Uma pitada de Drumonnd
um que de Vinicius de Morais,
além de Djavan e Milton Nascimento
poetas musicais.

E movido pela ambição que a tudo escraviza
tenho também em mente algumas poetizas
Florbela Espanca e a Lispector, Clarice
tornariam minha obra mais viva e sem esquisitices

E falta-me também numa boa
uma dose de Fernando Pessoa

Na falta destes pequenos detalhes
meu coração me da um alarme
e me diz
que sou apenas um tolo aprendiz...


Negro_Arcanjo
Negro arcanjo
Enviado por Negro arcanjo em 01/11/2005
Código do texto: T66142

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Negro arcanjo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
95 textos (6549 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:28)
Negro arcanjo