Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO VEREI O AMANHÃ

Esta noite eu não vi estrelas,
o céu estava triste e escuro.
Não pude ver seu olhar sem ver a lua,
tudo estava tão triste sem você.
Em vão deitei-me e tentei dormir
mas não conseguia. O sono não vinha.
Com o olhar no infinito pensava em você,
tentei lhe alcançar com as mãos
Mas era apenas uma lembrança.
Eu chorava em silêncio por me sentir só,
pensava no seu calor me aquecendo,
imaginava sua voz falando baixinho
sussurrando que me ama.
Lá fora chovia e ventava,
deitado eu sentia um vazio
daqueles que sente quem está só.
 
*Este texto está protegido por lei. Reservados os direitos autorais.
Proibida a cópia ou a reprodução sem minha autorização.
Visite o meu site:
www.ramos.prosaeverso.net
http://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=3203  
Valdir Barreto Ramos
Enviado por Valdir Barreto Ramos em 21/09/2007
Reeditado em 01/12/2009
Código do texto: T662290
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdir Barreto Ramos
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 62 anos
1016 textos (240621 leituras)
5 e-livros (3801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 17:46)
Valdir Barreto Ramos

Site do Escritor